Página de divulgação das ações da Secretaria de Cultura do município do RIO GRANDE RS.

domingo, 31 de maio de 2015

TERRITÓRIOS DA CULTURA - ILHA DA TOROTAMA

Aconteceu no sábado,30/05,mais um Fórum Regional de Cultura, "Territórios da Cultura", na Ilha da Torotama, com a finalidade de colher impressões e sugestões para a elaboração do Plano Municipal de Cultura.
O Fórum "Territórios de Cultura" ocorreu na Escola Municipal Cristóvão Pereira de Abreu e teve 21  credenciados, a maioria estudantes componentes da Banda Marcial Cristóvão Pereira juntamente com seu instrutor musical,  e representantes da associação de pescadoras, da associação de moradores, da Colônia  de pescadores, das igrejas católica e evangélica,do grupo de violeiros e do CPM da escola, além da diretora da escola, senhora Guaraciara.
Compareceram também um representante do clube de futebol Fia Tece e outra representante do Clube Novo Avante com suas camisetas, clubes  que além de campeonatos de futebol organizam o carnaval local, e representantes da invernada nativista gaúcha da escola. 
Nas sala foi exposto o artesanato feito pelas pescadoras com material reaproveitado como escamas de peixe e garrafas que  são recolhidas da orla da Laguna e que vem nas redes, contribuindo com as questões ambientais.
Em quase 2 horas de discussão foi possível identificar a riqueza cultural da Ilha da Torotama,em um diagnóstico muito bem explanado pelos participante.
O Prognóstico apontado foi a necessidade da construção de um Núcleo Cultural para formação, exposição de trabalhos e apresentações visto que a comunidade quer ter a oportunidade de manifestar essa cultura latente que acaba ficando escondida por falta de espaço físico.



Fórum Municipal de Cultura- Territórios da Cultura
 Fórum Regional Ilha da Torotama
30/5/2015

DIAGNÓSTICO

·        Possuem grupo de artesãs locais;
·        Banda Marcial na Escola Municipal Cristóvão Pereira de Abreu;
·        Possuíam Grupo de violão “Amigos do Violão”;
·        Carnaval de rua com blocos e bateria;
·        Festas religiosas;
·        Tradicionalismo- Piquete Pescando as Tradições.


 PROGNÓSTICO

·        Sugerem a criação de um local para comercialização do artesanato local;
·        Solicitam incentivos para levar a Banda da escola para se apresentar em outros locais do município;
·         Sugere-se a formação de uma associação local de artesãos;
·         Solicita-se maior investimento no carnaval do interior;

·         Reivindicam um espaço específico para associação, um núcleo de cultura, onde todos, artesãos, artistas, banda, clube “ Amigos do Violão”, entre outros, onde possam compartilhar, organizar, comercializar e apresentar suas atividades culturais. 

MINISTRO DA CULTURA VISITA JAGUARÃO PARA TOMBAMENTO DA PONTE MAUÁ


Visita ao Museu do Pampa - Ministro com o prefeito Cláudio Martins e o vice prefeito Lizandro Lenz

Com Roberto Souza,Dac-Furg, Arq.Marcelo Ferraz,autor do projeto,Alencar Porto,Secretário de Cultura de Jaguarão ,
Ministro Juca Ferreira e Reitora da Furg Cleusa Dias.

Conversa com o Ministro e o Secretário de Diversidade Cultural do MinC Pedro Vasconcelos

O Secretário de Município da Cultura Ricardo Freitas participou da visita do Ministro da Cultura Juca Ferreira na cidade de Jaguarão, no último sábado,30/05. 
Na agenda do ministro constou  visita às obras do Centro de Interpretação do Pampa ( Museu do Pampa - antiga enfermaria militar),almoço com reitores das universidades da região,diálogo com artistas e gestores de cultura da região sul e o tombamento da Ponte Mauá como Patrimônio Cultural do Mercosul.
DIÁLOGO DE FRONTEIRA
Uma política cultural para as fronteiras e avanços para lançar um edital específico para pontos de cultura de fronteiraEstas foram algumas propostas anunciadas no último sábado, dia  30, pelo ministro Juca Ferreira, em Jaguarão (RS), na divisa do Brasil com o Uruguai, onde participou de uma roda de conversa chamada Diálogo da Fronteira, com artistas, gestores, produtores e fazedores de cultura locais. A ministra da Educação e Cultura do Uruguai, Maria Julia Muñoz, também participou do debate, parte de uma extensa agenda que Juca Ferreira cumpriu em Jaguarão. 
O ministro defendeu a construção, na fronteira, de um território de "amizade, parceria, vivência cultural e integração com países irmãos". O anúncio do possível lançamento do edital para pontos de cultura nas divisas já em 2016 arrrancou aplausos dos participantes da roda de conversa.
"Pretendo construir uma política cultural para fronteira e Jaguarão é um ícone, um ponto de partida para isso", afirmou. "É preciso ser uma política que dê conta da diversidade presente nessas regiões e que, ao mesmo tempo, estimule a integração e as parcerias. Pensem no Ministério como um parceiro para apoiar esse processo que vocês já vivem", destacou.
A proposta recebeu apoio da ministra da Educação e Cultura do Uruguai. "Vamos estar sempre atentos a fomentar a cultura de fronteira. Ela nos une entranhavelmente. Nossos povos têm sonhos em comum", afirmou Maria Julia Muñoz. 
PONTOS DE CULTURA
Pontos de Cultura são entidades culturais ou coletivos culturais que, por desenvolver ações de impacto sociocultural em suas comunidades, são certificados pelo Ministério da Cultura, recebendo dele apoio institucional e financeiro. O Plano Nacional de Cultura - PNC (Lei 12.343/2010) estabelece em seu Plano de Metas o fomento de 15 mil Pontos de Cultura até 2020.
Em Jaguarão, o ministro ressaltou a importância dos Pontos de Cultura para o fomento da cultura de base comunitária no país. "Historicamente, as comunidades acharam uma forma de qualificar seu ambiente e superar a ausência do Estado. Muitas vezes, em um ambiente degradado e submetido à violência, as pessoas produzem um ambiente mágico que só a arte e a cultura são capazes de fazer", comentou.
Ferreira enfatizou, ainda, que os Pontos de Cultura são "parte insubstituível" da Cultura brasileira, presentes em todo o País, desde a periferia até as comunidades indígenas. "É preciso reconhecer o direito do povo brasileiro de ter apoio do Estado para que se desenvolva. Nós vamos trabalhar para ampliar essa experiência", frisou.
OUTRAS DEMANDAS
Ao longo do evento, participantes puderam expor seus pontos de vista e fazer demandas. Luta contra a intolerância religiosa, maior acesso à cultura, investimentos para o setor do audiovisual da região e a cultura vista como vetor de integração e de desenvolvimento  regional  foram alguns dos temas tratados.
Outro pedido de destaque foi a necessidade de descentralização na distribuição de recursos para a área cultural. Em relação a esse aspecto, mais uma vez, o ministro foi enfático ao defender a reforma da Lei Rouanet.
"A lei Rouanet representa 80% do dinheiro que o governo tem para aplicar na cultura. É mal aplicado porque, em última instância, quem define o uso é o departamento de marketing da empresa. E a empresa se associa a quem pode dar retorno de imagem a ela, então, a restrição é imensa", lamentou.
Além de Juca Ferreira e da ministra da Educação e da Cultura do Uruguai, estiveram presentes à roda de conversa o prefeito de Jaguarão, Cláudio Martins, a presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Jurema Machado, e o diretor do departamento de Relações internacionais do MinC, Gustavo Pacheco, entre outros. 
O Diálogos da Fronteira foi um dos compromissos cumpridos pela comitiva do Ministério da Cultural em Jaguarão ao longo do último sábado (30). Ao longo do dia, o ministro visitou espaços culturais e participou de cerimônia de celebração do reconhecimento da Ponte Barão de Mauá como primeiro bem binacional reconhecido como Patrimônio Cultural pelos países do Mercosul.
Cecília Coelho
Assessoria de Comunicação

Ministério da Cultura

sexta-feira, 29 de maio de 2015

3º SIMPÓSIO FALANDO DE UMBANDA



O 3º Simpósio Falando de Umbanda, organizado pelo Núcleo Cultural Aruanda em parceria com o Executivo Municipal, através da Secretaria de Cultura e Gabex, será realizado neste sábado (30) no Salão Nobre da Prefeitura. O evento começa às 14h, com entrada a partir das 13h30min. O Simpósio contará, no decorrer da tarde, com palestras, exposições de trabalhos sobre terreiros antigos do Rio Grande e região e apresentações artística com voz, violão e tambor.
O evento é aberto à comunidade. De acordo com a organização do simpósio, o objetivo da iniciativa é levar conhecimento e esclarecimento sobre a umbanda aos participantes. Nesta 3ª edição, as palestras trazem temas pertinentes a religião de Umbanda para que tanto os adeptos quanto os leigos possam conhecer mais e tirar dúvidas.

A primeira palestra será “A Umbanda e o Meio Ambiente”, apresentada pelo sacerdote umbandista, presidente e fundador do Núcleo Cultural Aruanda, Cristiano Avila. A segunda palestra “Umbanda, como preservá-la?”, será apresentada pelo Irmão Glênio, conhecido por suas palestras sobre a história da Umbanda no sul.

A seguir, a palestra “A Umbanda, uma Religião Democrática”, apresentada pelo teólogo de formação e teólogo afrocentrado da Tradição de Matriz Africana, Afro-umbandista e Indígena, Jayro Pereira de Jesus, que abordará o acolhimento da religião e a cultura umbandista. A última palestra “Crianças e jovens na Umbanda” será apresentada pelo radialista e sacerdote Carlos Alberto, de Pelotas. Ele abordará exemplos de como fazer com que as crianças e jovens possam aprender e se identificar com a cultura e religião de Umbanda.


quarta-feira, 27 de maio de 2015

LIVRO "O FAROL DA SOLIDÃO SERÁ LANÇADO EM RIO GRANDE




O Secretário da Cultura Ricardo Freitas esteve reunido na última quarta-feira, dia 27/05 em Porto Alegre, com o escritor Alcy Cheuiche, com a finalidade de convidá-lo para lançar o livro O Farol da Solidão e realizar uma palestra sobre “O processo criativo do livro O Farol da Solidão”. O autor aceitou imediatamente e agradeceu o convite, ficando a data a ser definida, provavelmente para o mês de julho, devido a agenda do escritor.
Para o secretário Ricardo Freitas o livro tem muito a ver com a nossa região e é um tributo ao Deputado Carlos Santos, um lutador das causas sociais que superou enormes obstáculos e isso foi o elemento motivador da nossa procura ao autor.


O Farol da Solidão é a história de um homem que tenta se isolar de todos, mas a vida vem buscá-lo — resume o escritor, que foi patrono da Feira do Livro de Porto Alegre de 2006.
O isolado é Carmelo, juiz que, depois da morte da mulher, decide se afastar do convívio humano no Farol da Solidão, no litoral de Mostardas, em 2004 — na ficção, o farol estaria abandonado. Além disso, o personagem se ressente por acreditar que não consegue se alçar ao cargo de desembargador por ser negro, sendo vítima de preconceito.
Com a chegada da temporada de aves migratórias da Lagoa do Peixe, próxima ao farol, a vida do magistrado, que beira os 60 anos, volta a se movimentar, principalmente quando a ação de elementos para afugentar os pássaros começa a levantar suspeitas.
A dimensão histórica do romance se dá quando Carmelo começa a escrever um livro sobre a vida do deputado Carlos Santos, cuja carreira foi uma grande inspiração. Como introdução ao relato, ele ainda narra a Questão Christie, uma das principais contendas diplomáticas na qual o Brasil se envolveu, e que teve como episódio central o naufrágio de um navio inglês na faixa litorânea do Estado. O leitor acompanha os temas ao mesmo tempo em que vê o desenvolvimento de Carmelo como escritor. No livro, o ilustrado protagonista Carmelo, que teria feito sua tese de doutorado sobre a Questão Christie, conta a história cruzando-a com a vida de um antepassado de Carlos Santos, cuja biografia tenta escrever.

O deputado Carlos Santos


O deputado marcou a história ao ser o primeiro negro eleito presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, comandando o Estado na ausência do governador. Na narrativa de Cheuiche, Santos é uma das grandes inspirações da trajetória do protagonista Carmelo, juiz que viveu diferentes episódios de preconceito por ser também negro. Isolado no litoral gaúcho, o magistrado começa a escrever a história do deputado. Filho de uma professora de música e de um carpinteiro, Santos perdeu o pai com poucos meses de vida e deixou os estudos muito cedo para trabalhar em um estaleiro naval. Envolveu-se com o movimento sindical e foi eleito pela primeira vez deputado em 1935. Mais tarde, retomou os estudos e bacharelou-se em Direito.


Seguiu uma carreira política marcada pela defesa dos trabalhadores e de crianças abandonadas. Morreu em 1989, aos 84 anos.

"Faremos um bonito evento com lançamento do livro,sessão de autógrafos e uma cativante palestra,como é característica do autor e queremos  participação da comunidade literária",conclui o secretário.

AGENDA DO SECRETÁRIO


O Secretário de Município da Cultura Ricardo Freitas, juntamente com a produtora cultural Regina Bastos, esteve em Porto Alegre realizando várias agendas, entre outras,com o escritor e poeta Luiz Coronel. Na pauta, projetos de lançamento de livros e outras atividades literárias em Rio Grande.
O Secretário recebeu de presente vários livros de poesia infantil para o projeto Bibliomóvel - Biblioteca Móvel, que está sendo desenvolvido na secretaria. Luiz Coronel também é publicitário e sócio da Agência Matriz, responsável pela conta da rede Zaffari de supermercados.
Luiz Coronel é poeta e compositor musical, possuindo diversos prêmios como letrista nas Califórnias, como “Canto de morte Gaudêncio Sete Luas”, vencedora da  Califórnia da Canção Nativa,1973. Poeta, sua obra é voltada preferencialmente para a temática da terra, no que retoma a tradição do cancioneiro sul-rio-grandense. Dentre suas obras literárias, destacam-se: Mundaréu, Retirantes do sul, Cavalos do tempo, Baile de máscaras, Pirâmide noturna, Clássicos do Regionalismo Gaúcho. sua obra recebeu diversos prêmios, entre os quais: Prêmio Influência Poesia Espanhola, Universidade de Pamplona, Espanha, em 1990, e Premio Octavio Paz, da Revista Plural, Universidade do México, pelo livro Pirâmide Noturna. Com mais de 50 obras, recebeu prêmios no Brasil, Espanha e México.
 (Prêmio Nacional de Poesia, MEC 1973, com a obra Mundaréu) e tem edições traduzidas para o inglês e o alemão. Desde 1996, publica semanalmente poemas na seção "Arte & Agenda" do jornal Correio do Povo desde 1996.

segunda-feira, 25 de maio de 2015

EXPOSIÇÃO SABERES E FAZERES

Está em andamento na Sala de Multiuso da Prefeitura Municipal do Rio Grande a Exposição Saberes e Fazeres, promovida pelo Centro Municipal de Cultura Inah Emil Martensen. A mostra reúne 21 trabalhos de 7 artesãos Rio grandinos.
A Exposição irá até o dia 29 de maio.

sábado, 23 de maio de 2015

"TERRITÓRIOS DA CULTURA" CHEGA NO TAIM

Os Territórios da Cultura - Fóruns Regionais que a Secretaria de Município da Cultura está realizando no interior do município para ouvir a comunidade local sobre as potencialidades culturais da região e também sobre as sugestões para desenvolver as ações culturais no local e elaborar o Plano Municipal de Cultura,chegou no Taim neste sábado,dia 23/06.
A equipe da Secult reuniu-se com os moradores do Taim no Galpão do seu Delci, localizado na Ponte Federal,onde vários trabalhos artesanais com a identidade do lugar foram expostos. 
Várias situações  foram colocadas como necessidade de preservação da "Capilla", capela que dá o nome ao lugar,da necessidade de um espaço cultural que trabalhe a cultura com os jovens da localidade como forma de inserção em um caminho melhor, além da criação de uma associação ou cooperativa de artesãs,considerando a qualidade do artesanato local e as possibilidades de explorar o turismo cultural.
Vários outros temas foram ainda debatidos  e, para  secretário Ricardo Freitas, a discussão foi muito produtiva e estabeleceu um diagnóstico muito representativo e legítimo da cultura local.
Ao final,os presentes foram  presenteados com a apresentação do Seu Isaac com um número musical de sua autoria e também uma declamação.
Os próximos fóruns serão nas ilhas Torotama  e dos Marinheiros.




EXPOSIÇÃO "PERTENCES DE BENTO GONÇALVES" NO CIDEC-SUL/FURG

A Secretaria de Município da Cultura montou a exposição "PERTENCES DE BENTO GONÇALVES", objetos pertencentes  aos familiares do general farroupilha (1788-1847) e representados pelo tetraneto Raul Justino, no CIDEC-SUL/FURG, sob a coordenação da superintendente de gestão cultural Goreti Butierres e a assessora administrativa  Karen Mendieta
A mostra está dentro da programação da 45ª Ciranda Cultural de Prendas e ainda pode ser visitada nesse sábado 23 de maio no saguão do  CIDEC-SUL/FURG com entrada franca.
 
 
 
 

sexta-feira, 22 de maio de 2015

ABERTA CHAMADA PÚBLICA PARA A 26ª FEJUNCA



Imagem inline 1

PREFEITURA MUNICIPAL DO RIO GRANDE
SECRETARIA DE MUNICÍPIO DA CULTURA

26ª FEJUNCA
FESTA JUNINA DO BALNEÁRIO CASSINO-2015


                A Prefeitura Municipal do Rio Grande, através da Secretaria de Município da Cultura, abre inscrições para propostas de apresentações, nas áreas de música, dança e teatro, a serem realizadas durante a programação da 26ª FEJUNCA. A Festa Junina ocorrerá nos dias 18, 19 20 e 21 de junho do ano de 2015, no Balneário Cassino.
                Serão disponibilizadas 12 vagas. O valor bruto do cachê é de R$ 700,00, devendo ser consideradas as retenções para atender aos descontos legais. As inscrições de propostas serão feitas exclusivamente pelo e-mail secult.fejunca@gmail.com, contendo:

- Nome do artista/grupo/banda/trupe;
- Nome do proponente;
- Telefone de contato;
- Detalhamento da proposta;
- Setlist;
- Mapa de palco;

                As propostas serão avaliadas sob os seguintes critérios:

- Coerência com a temática da festa;
- Potencial de formação de público;
- Qualidade/Consistência artística;
- Viabilidade Técnica/Compatibilidade com a estrutura física do espaço;

Após a divulgação dos selecionados, o proponente deverá apresentar ao setor administrativo da SECULT a documentação abaixo listada, para a elaboração da RPA e posterior efetuação do pagamento. Os documentos exigidos são:

- PIS/PASEP;
- Cópia da carteira de identidade;
- CPF;
- Cópia da carteira de trabalho.

A ausência da documentação exigida inviabiliza o pagamento.

As inscrições encerram à meia-noite do dia 30 de maio de 2015.


                                                                    Ricardo Freitas
                                                       Secretário de Município da Cultura
                                                       Prefeitura Municipal do Rio Grande

ENTREVISTA FURG TV SOBRE A 13ª SEMANA DE MUSEUS





Assista na íntegra a entrevista, clique!!

FESTIVAL DO MINUTO NA SALA MULTIUSO

A Secretaria  de Município  da Cultura  participou do Circuito  Nacional  de Apresentação do Festival  do  Minuto  festivaldominuto.com.br  de  2014  e  Amostra  de  Vídeos  Água,  uma Coprodução  SPCine  em  parceria  com  o  Museu  da  Pessoa.  A  apresentação  do  Festival  do Minuto 2014 ocorre simultaneamente em todo Brasil entre os dias 16 e 24 de maio. Em Rio Grande  as  exibições  ocorreram na parte  da  tarde do dia  21 de maio na Sala Multiuso,  com a presença  de alunos do Colégio Liceu Salesiano. 
A Secretaria de Município da Cultura através da Sala Multiuso  convida para o agendamento de  sessões  extras  para  escolas.  Foram exibidas duas montagens sequenciais  de vídeos, a primeira 50:24 minutos com tema livre e a segunda de 25:07  com a temática da Água, ambos com a participação de produtores  do  mundo  todo. Maiores informações pelos telefones: (53) 3233.8438/3235.7803.

Chamada para o Festival

quinta-feira, 21 de maio de 2015

PROGRAMAÇÃO DA 13ª SEMANA DE MUSEUS

Nesta quarta-feira (20) a Fototeca Municipal “Ricardo Giovannini  realizou  a oficina “Percepções infantis sobre a vestimenta”. Este evento é integrado à programação da 13º Semana de Museus, que neste ano agrega atividades que incentivem o desenvolvimento da expressão das formas artísticas de forma sustentável
A oficina foi realizada com 11 alunos do 3º ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental “Professor Jayme G. Monteiro” e foi ministrada pelas gestoras da Fototeca: Giane Atallah, Cristiane Rivero e Cláudia Dorneles. A oficina aconteceu como uma ação educativa e contou com a apresentação de vídeos que explicavam a importância da vestimenta.
Após isso, os alunos receberam quebra-cabeças com as imagens da exposição para que pudessem montar e escrever suas impressões sobre essas imagens, fazendo uma relação entre roupa e memória.

 

NOITE DE PREMIAÇÃO DO CONCURSO E FOTOGRAFIA "RIO GRANDE,NOSSO POSTAL"

Na noite do dia 19, a Secretaria de Município da Cultura  participou da cerimônia de entrega da premiação aos participantes do concurso "Rio Grande nosso Postal", promovido pela Comissão de Memória Institucional da Subseção Judiciária do Rio Grande e pelo Memorial da Justiça Federal do Rio Grande do Sul, apoiado pela Fototeca Municipal Ricardo Giovannini.

segunda-feira, 18 de maio de 2015

ABERTURA DA EXPOSIÇÃO "EU VOS DECLARO...CASADOS"

Com a presença da primeira-dama Eunice Lindenmeyer e da Coordenadora dos Direitos das Mulheres Maria de Lurdes Lose, além do Secretário da Cultura Ricardo Freitas e da Diretora da Fototeca Ricardo Giovaninni Giane Atalah, foi aberta a exposição Eu vos declaro... Casados",  reunindo imagens de noivas acompanhadas por seus clássicos e dóceis vestidos de casamento. A abertura aconteceu as 15h deste dia 18/05 e o período de visitação se estenderá até o dia 25 de junho, das 13h30min às 18h30min.
 Também serão realizadas, como: Quando a Moda se Reinventa”, oferecida às servidoras municipaisque possibilitará o encontro das lembranças fotográficas de seus vestidos de casamento à montagem de um novo vestido sustentável, ainda, Percepções Infantis Sobre a Vestimenta para alunos da Rede Municipal de Ensino e Acessórios Nupciais Sustentáveis para alunas do Ensino Médio, Magistério.  Todas estas atividades ocorrerão na galeria e na sala de ação educativa da Fototeca Municipal. A exposição faz parte da 13ª Semana de Museus.

 

TERRITÓRIOS DA CULTURA - VILA DA QUINTA

Aconteceu na última sexta, dia 15/05, mais um Território da Cultura - Fóruns Regionais de Cultura, com o objetivo de ouvir a população a respeito da cultura na sua localidade,tendo em vista a elaboração e construção do Plano Municipal de Cultura.


Adicionar legenda


O fórum foi realizado no Salão Paroquial Nª Srª da Penha e contou com a presença de pessoas significativas da cultura na região da Vila da Quinta e entorno. 
O casal Admar Pereira Neves e Terezinha da Quitéria, por exemplo, tiveram uma grande participação citando várias manifestações religiosas como o Terno de Reis e as cantorias. Também foram citados como patrimônio a estação Ferroviária da Quinta, que poderá tornar-se um Centro Cultural que abrigue museu, biblioteca e espaço de formação artística.
A jovem Franceline Roque sugeriu uma cantata na época de Natal com os talentos da localidade. Renata Ávila Troca manifestou-se a respeito do evento que ocorre anualmente e que promove a diversidade cultural e a inclusão social.
o próximo fórum ocorre no Taim, dia 23 de maio.

Fórum Municipal de Cultura- Territórios da Cultura-  Fórum Regional Vila da Quinta

15/5/2015

                                                            DIAGNÓSTICO


·         Possuem Terno de Reis;

·         CTG;

·         Possuem carnaval de rua e de salão;

·         Na CIRQ - Clube Instrução e Recreio da Quinta, há ensaios de grupos de teatro e bandas;

·         Antigamente havia oficinas de corte e costura para grupos da terceira idade, que foram extintas;

·         Na paróquia é oferecida oficina de violão;

·         Projeto “ Cadê o Negro da Vila da Quinta” iniciativa de professores da escola Lília Neves.


PROGNÓSTICO
 

·         Palco fixo com instalação de luz permanente para ser utilizado pelos jovens;

·         Uma pista de Skate;

·         Cantata de Natal, com teatro da Escola Lilia Neves;

·         Descentralização:  Circuito de Natal na Vila da Quinta, com apresentação de artistas locais;

·         Reveillon na Vila da Quinta;

·         Oficinas sobre a cultura Portuguesa ministradas pela Ana Morrison;

·         Apoio ao projeto “ Cadê o Negro da Vila da Quinta”

quarta-feira, 13 de maio de 2015

TERRITÓRIOS DA CULTURA - VILA DA QUINTA

Território da Cultura será realizado no Salão Paroquial,na Vila da Quinta

Nesta sexta-feira,dia 15/05,a Secretaria de Município da Cultura realizará mais um Território da Cultura - Fóruns Regionais de Cultura,que tem por objetivo colher as opiniões da população a respeito da cultura na sua localidade,tendo em vista a elaboração e construção do Plano Municipal de Cultura.
Os Territórios da Cultura são desdobramentos do Fórum Municipal de Cultura que foi realizado no último dia 18/05 no Centro de Convívio Meninos do Mar - CCMar e reuniu grande parte da comunidade cultural do município para estabelecer um diagnóstico e projetar um prognóstico para os próximos de anos.

 O secretário da cultura Ricardo Freitas enfatiza a importância da participação da comunidade da Vila da Quinta, para a construção de um instrumento legítimo e representativo da cultura local."Temos uma cultura muito rica na Vila da Quinta e esperamos a manifestação da comunidade que representa o patrimônio,os artistas e as demais manifestações culturais".

terça-feira, 12 de maio de 2015

FOTOTECA MUNICIPAL PARTICIPA DA 13ª SEMANA DE MUSEUS

A Fototeca Municipal Ricardo Giovannini, junto à Secretaria de Município da Cultura e ao Executivo Municipal tem está participando da 13º Semana de Museus 2015: Museus para uma Sociedade Sustentável, organizada pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM).  
A programação desta semana na Fototeca celebra o mês de maio dedicado às noivas, e traz como proposta a relação da roupa com o processo de memória. O modo como nos vestimos, remete a todo o processo de como a roupa foi produzida e para qual momento. Neste caso, visa compreender o modo como o vestido de noiva influencia nas escolhas de quem sonha casar-se e na relação deste traje com o imaginário feminino.
Para tanto, a exposição Eu vos declaro... Casados! reúne imagens de noivas acompanhadas por seus clássicos e dóceis vestidos de casamento. A abertura está marcada para o dia 18 de maio às 15h e o período de visitação se estenderá além da Semana de Museus, até o dia 25 de junho, das 13h30min às 18h30min.
Oficinas também serão realizadas, como: Quando a Moda se Reinventa oferecida às servidoras municipais, que possibilitará o encontro das lembranças fotográficas de seus vestidos de casamento à montagem de um novo vestido sustentável, ainda, Percepções Infantis Sobre a Vestimenta para alunos da Rede Municipal de Ensino e Acessórios Nupciais Sustentáveis para alunas do Ensino Médio, Magistério.  Todas estas atividades ocorrerão na galeria e na sala de ação educativa da Fototeca Municipal.



segunda-feira, 11 de maio de 2015

SECRETARIA DA CULTURA APRESENTA O FESTIVAL DO MINUTO.

 Sala Multiuso se insere na programação de exibição do festival de vídeos

No próximo dia 21/05, a Sala Multiuso da Prefeitura Municipal estará apresentando o Festival do Minuto 2014.
Todos os anos os melhores minutos do ano anterior são exibidos gratuitamente em centenas de instituições culturais por todo o Brasil. Em 2014 os vídeos foram exibidos em 323 instituições culturais de 150 cidades brasileiras, atingindo 65.000 espectadores! Ano a ano esses números aumentam e o Festival cumpre o objetivo de levar o formato de curtíssima duração a todos os cantos do país.

Esse ano os vídeos do Festival do Minuto serão exibidos na semana de 16 a 24 de Maio.

Além dos Melhores Minutos 2014, será disponibilizada também a mostra ÁGUA, uma parceria entre o Festival do Minuto e o Museu da Pessoa. A mostra é uma Ode à Água e traz vídeos de caráter sentimental e experimental. Cada mostra tem aproximadamente 50 minutos de duração.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas na Secretaria da Cultura ou na própria Sala Multiuso.

Sobre o Festival do Minuto

O Festival do Minuto foi criado, em 1991, pelo cineasta Marcelo Masagão, inspirando festivais no mesmo formato em mais de 50 países. Atualmente é online, recebendo durante todo o ano milhares vídeos através de seu portal. Seu acervo inclui vídeos de realizadores hoje conhecidos, como Fernando Meirelles (Cidade de Deus, O Jardineiro fiel, 360), Beto Brant (O Invasor, Eu receberia as piores notícias de seus lindos lábios), Tata Amaral (Um céu de estrelas, Antônia, Hoje), Anna Muylaert (Durval Discos, É proibido fumar), entre outros. É considerado o festival da ideia e recebe indistintamente produções de amadores e profissionais, promovendo novos talentos.